Драть драпы и драпать





Margarida, para o fundo, Margarida
vamos para o fundo
nossas peles frágeis deixam-nos flutuar caso o resto do mar... Para o fundo, Margarida
sabes mesmo que nossa amiga Anna já se foi
e ela vai de uma maneira horizontal, sabes de tudo porque os olhos dela são negros e são grandes e são tão estrangeiros e ela se vai, como o primeiro a acentuado e aberto de seu nome.
A nossa amiga Anna já se foi
com a primavera que cantara, negra como seus olhos
e o primeiro a de seu nome.
Vamos para o fundo, Margarida, aioraipornós
caso o resto do mar...








Драть драпы и драпать