17.04.2015

então o poema não resolve tud'o mundo
pega vai e não coisa
não há nada que haja no mundo
ou ele não é o isto e o aquilo travesti das bocadas
eu esperava mais que ele fosse travesti das bocadas
eu queria que o isto m'encostava que nem se fosse de rocha mesmo
eu queria que o isto me relasse inteira os bagalos
tudomolhado
e bem nem
eu tenho pa vor da palavra
pa vor da palavra
eu tenho pavor
da palavra
e o cara pega
vai e não
resolve